Fiscais recolhem 35 ônibus com irregularidades em terminais no Rio

Problemas na documentação, falta de trocador, omissão do quadro de horários e falta de autorização para o transporte de passageiros foram as principais infrações constatadas

Priscila Trindade - Central de Notícias,

22 Outubro 2010 | 12h47

SÃO PAULO - Fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) recolheram 35 ônibus em situação irregular, nesta sexta-feira, 22, em dois terminais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A ação, que faz parte da operação "Legal tem que ser Legal", também aplicou 47 multas. Problemas na documentação, falta de trocador, omissão do quadro de horários e falta de autorização para o transporte de passageiros foram as principais infrações constatadas.

 

Dez viaturas do Detro percorrem os terminais rodoviários da Região Metropolitana desde as 6 horas. A ação teve início no João Goulart, em Niterói, onde foram recolhidos 25 veículos. Os outros dez ônibus foram recolhidos no Terminal Américo Fontenelle, na Central do Brasil, no Rio.

 

Em Niterói, foram recolhidos veículos das empresas Fagundes, Rio Ita, Nossa Senhora do Amparo, Galo Branco, Estrela e ABC. No Américo Fontenelle, foram recolhidos ônibus da Caravelle, União, Master Transmil, Reginas e Trel.

Mais conteúdo sobre:
Rio ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.