Fuga histórica de penitenciária causa três exonerações no RN

Fuga de 41 homens não foi notada pelos agentes penitencíários; há suspeita de negligência

estadão.com.br,

21 Janeiro 2012 | 02h39

SÃO PAULO - Ocorrida no final da noite da última quinta-feira, 19, uma fuga de 41 presos da Penitenciária Estadual de Segurança Máxima de Alcaçuz, em Nísia Floresta (RN), na região metropolitana de Natal, causou a exoneração do coordenador do Sistema Penitenciário, José Olímpio da Silva, do diretor de Alcaçuz, major Marcos Lisboa, e do vice, Wellington Marques. Essa foi a maior fuga da história de Alcaçuz.

 

Em entrevista coletiva concedida, nesta sexta-feira, 20, o secretário de Estado da Justiça e da Cidadania, Fábio Luís Monte de Hollanda, disse que tudo será investigado e que há suspeita de negligência. "Já abrimos uma sindicância para apurar as possíveis negligências no caso e os culpados serão exemplarmente punidos. O problema não foi falta de pessoal nem de estrutura, disse Hollanda.

 

Também durante a entrevista, o comandante da PM, coronel Francisco Araújo, afirmou que os presos estavam soltos na ala e que as celas estavam sem os cadeados. Ele esteve na ala por volta das 5 horas de sexta-feira, 20. " A fuga ocorreu à noite e os agentes penitenciários só se deram conta às 2h30 de sexta-feira, quando PMs chegaram ao presídio com três presos recapturados", disse. Os três presos recapturados reclamam das mudanças no sistema de visitas, falta de veículos para levá-los ao médico e alimentação precária.

 

Novo quadro. Após a fuga dos 41 presos, o coronel Severino Gomes Reis Neto, ex-comandante da PM, foi colocado como o novo Coordenador de Administração Penitenciária. O tenente-coronel Zacarias Figueiredo de Mendonça Neto, ex-comandante do 4º Batalhão da PM, é o novo diretor de Alcaçuz. O Majô Francisco de Assis Ferreira dos Santos fica como o novo vice-diretor de Alcaçuz. Os atos seriam publicados na edição do Diário Oficial do Estado deste sábado, 21.

 

Segunda maior fuga. Em 5 de novembro de 2000, fugiram da penitenciária 28 presos; ação liderada pelo assaltante José Valdetário Benevides, o "Valdetário Carneiro". Armas de grosso calibre foram utilizadas na fuga. Além de Benevides, fugiram Cimar Carneiro, primo de Valdetário, e Benito Muradás, acusado de assassinato, sequestrado e estelionato.

 

Veja a relação dos fugitivos:

1 AILSON TEIXEIRA DE LIMA
2 ANDERSON CARLOS INÁCIO DO NASCIMENTO
3 AYRTON SILVA DA COSTA
4 CAIO CESAR MARINHO CÂNIDO (RECAPTURADO)
5 CLEBSON GALDINO AMADOR
6 ECLESIASTE ALVES CARVALHO
7 EDCARLOS TEIXEIRA DE OLIVEIRA
8 ELIAS CANDIDO DO NASCIMENTO JÚNIOR
9 ERIBALDO ALVES GARCIA JUNIOR
10 EVALDO CHIANCA DA SILVA
11 EVERTON DA SILVA BARBOSA
12 EVERTON PATRICK DE MELO (RECAPTURADO)
13 FRANCISCO DE ASSIS ANANIAS DOS SANTOS
14 FRANCISCO EVANALDO GOMES DA SILVA
15 GENILSON SOUZA DE CARVALHO
16 GUSTAVO NICACIO ALVES
17 ISAÍAS LEANDRO LOPES
18 JEFERSON CAMARA DE FRANÇA
19 JEFERSON SOARES SALES RATES DE OLIVEIRA
20 JOABE DA SILVA
21 JOÃO CARLOS DE OLIVEIRA
22 JOÃO MARIA CANDIDO DE MELO
23 JOÃO PAULO VIANA
24 JOSE GUILHERME DE LIMA
25 JOSE RODRIGO DA SILVA
26 JOSÉ VALMIR SALES DOS SANTOS
27 JOSUE AUGUSTINHO DA SILVA
28 KAIO FÁBIO DE OLIVEIRA
29 LEANDRO FAUSTINO DA SILVA
30 LUIZ AUGUSTO PEREIRA DA SILVA
31 MAGNO HENRIQUE MARTINS DA SILVA
32 MAIBSON ALISON SILVA
33 MARCOS ANTONIO DE LIMA
34 PAULO CESAR BALBINO DE OLIVEIRA
35 RAMICÉS APARECIDO DA SILVA
36 RANIERE DAVISON MENEZES DA SILVA
37 RODRIGO CARVALHO PACHECO
38 THIAGO MANOEL TAVARES FERNANDES
39 TIAGO ROBERTO DA SILVA (RECAPTURADO)
40 VALDERI FLORIANO DA COSTA
41 WALTER COSTA ANDRADE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.