Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Funcionária de creche incendiada por vigia morre após um mês internada em MG

Geni Martins, de 63 anos, foi a 12ª vítima do incêndio provocado por Damião dos Santos no início de outubro

O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2017 | 07h28

A auxiliar de professora Geni Oliveira Lopes Martins, de 63 anos, é a 12ª vítima fatal do incêndio provocado pelo segurança de uma creche em Janaúba, no norte de Minas Gerais, no dia 5 de outubro. Ela estava internada no Hospital Municipal João XXIII, em Belo Horizonte, e faleceu na madrugada desta segunda-feira, 6. A informação foi confirmada pela Prefeitura de Janaúba.

+++ Morre a 9ª criança vítima de incêndio em creche em Minas

Além de Geni, morreram também a professora Heley Batista, nove crianças que estudavam na escola e o próprio homem que ateou fogo na sala de aula - Damião dos Santos, de 50 anos . Outras vítimas permanecem internadas em hospitais de Belo Horizonte e Montes Claros. 

As aulas na Escola Municipal de Educação Infantil Gente Inocente foram retomadas no dia 19 de outubro, em um prédio provisório

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.