1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Funkeiro MC Daleste morre após levar tiro durante show em Campinas

O Estado de S. Paulo

07 Julho 2013 | 13h 47

Vídeo mostra momento do disparo, em uma apresentação na noite deste sábado, 6

Campinas - O funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, conhecido como MC Daleste, morreu após levar um tiro durante um show realizado em Campinas (SP) na noite deste sábado, 6, às 22h40. Um vídeo que registra o momento em que ele é baleado no tórax e cai no palco durante a apresentação foi publicado por um fã na internet.

Segundo informações da PM, MC Daleste morreu na madrugada desse domingo, por volta de 1h, no Hopistal Municipal de Paulínia. O cantor se apresentava em uma festa julina no CDHU, no bairro San Martin, e foi baleado após 10 minutos de show. Segundo informações da assessoria de imprensa do hospital, o funkeiro chegou a ser entubado e encaminhado para a mesa de cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo do MC Daleste está no IML de Campinas e será levado para São Paulo. Ainda não há informações sobre velório ou enterro. 

A PM informou que ninguém foi preso até o momento. Segundo informações da PM, que acompanhou o caso, um gol vermelho sem placa de identificação deixou o local com um indíviduo armado, também ainda não reconhecido.

Daleste foi personagem de reportagem especial do Estado sobre o funk paulista veiculada em março. Começou sua carreira na zona leste de São Paulo. Ele compôs seu primeiro funk usando computador em uma lan house aos 16 anos e atualmente faturava R$ 200 mil por mês realizando 40 shows mensais. Entre as músicas do cantor estão "Mais amor, menos recalque", "Angra dos Reis" e "Todas as Quebradas".

Na conta oficial de Daleste no Twitter, o produtor do artista diz que ele "está junto a Deus e a mãe dele". "Estamos resolvendo tudo aqui. Amanhã aviso para vocês onde será o velório". A produção, que acompanhou o funkeiro  no hospital, afirmou à Polícia que desconhecia o motivo do crime.