1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Gol manterá política de liberdade tarifária na Copa do Mundo

Reuters

22 Janeiro 2014 | 17h 22

A empresa aérea Gol irá manter sua política de liberdade tarifária para a Copa do Mundo, afirmou o presidente da empresa, Paulo Kakinoff, em teleconferência com jornalistas nesta quarta-feira.

A decisão ocorre após as concorrentes Azul e Avianca terem anunciados tarifas-teto de 999 reais para o evento.

"A Gol mantém sua política de liberdade tarifária. A única discussão válida de tarifas para a Copa é do número de assentos disponíveis", afirmou o executivo, acrescentando que, com a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) de voos extras para o período do mundial, poderá oferecer 4,5 milhões de assentos.

Segundo o executivo, 90 por cento da oferta atual da Gol tem tarifas de até 499 reais. "O valor dessas tarifas vai depender do enchimento desses voos ou ainda da aproximação da data da venda com a data do voo".

(Por Roberta Vilas Boas)