Governo da Bahia reforça policiamento para o carnaval

O governo baiano promete promover uma estrutura de segurança inédita para o carnaval de Salvador neste ano. O plano, orçado em R$ 14,5 milhões, integra cerca de 20 mil policiais militares e civis, 25 câmeras de vigilância instaladas nos três principais circuitos carnavalescos e o uso de dois helicópteros, com equipamentos capazes de auxiliar a polícia na busca de suspeitos até em vias escuras. Os trabalhos têm início no domingo, quando começa a entrega dos abadás na cidade - um dos momentos mais críticos em termos de assaltos no verão soteropolitano. Mais de 400 policiais participarão da operação. O contingente total de policiais é cerca de 20% maior que o do ano passado e soma-se à forte estrutura de segurança presente, principalmente, nos camarotes de Salvador. Nos maiores, o contingente de vigilantes passa de 100.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2006 | 18h03

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.