Greve de ônibus atinge 100% da frota em Natal

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários fala em "protesto" pelo baixo reajuste e a decisão da Justiça de descontar dias parados

Anna Ruth Santas, Especial para O Estado

25 Junho 2014 | 16h16

NATAL -  Os moradores de Natal, capital do Rio Grande do Norte, tiveram transtornos com o transporte coletivo nesta quarta-feira, 25. Motoristas e cobradores de ônibus, em greve há 12 dias, decidiram parar toda frota. 

Nesta terça, ocorreu o dissídio coletivo da categoria, com a Justiça do Trabalho determinando um reajuste de 7%. Segundo os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, o que ocorre hoje não é uma "greve, mas um protesto" por causa do baixo reajuste e a decisão da Justiça de descontar os dias parados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.