1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Greve de ônibus em Natal dificulta chegada na Arena das Dunas

O Estado de S. Paulo

13 Junho 2014 | 17h 49

Em uma das principais avenidas da zona sul da cidade, os passageiros esperaram mais de meia hora pelo ônibus

NATAL - Quem foi assistir ao jogo em Natal, na tarde desta sexta-feira, 13, entre México e Camarões, enfrentou grandes transtornos para o uso do transporte público. A greve dos motoristas e cobradores de ônibus, deflagrada há 48 horas, permaneceu durante todo dia. Por determinação judicial, no período de pico (das 11h às 13h e das 17h às 19h), o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários está obrigado a disponibilizar 50% da frota e nos demais horários 30%.

Mas para assistir ao primeiro jogo da Arena das Dunas foi preciso muita paciência dos torcedores. Isso porque na Avenida Engenheiro Roberto Freire, uma das principais da zona sul de Natal, por exemplo, as pessoas esperaram mais de 30 minutos pelo ônibus.

Uma das alternativas mais usadas para chegar ao estádio foi táxi. No caso dos turistas que vieram em excursão, os próprios ônibus foram usados no transporte. O resultado foi um grande congestionamento na Avenida Amintas Barros, usada como "estacionamento" para os ônibus. 

A greve dos rodoviários em Natal deve permanecer, pelo menos, até a próxima quarta-feira, quando ocorrerá uma nova rodada de negociação. Os rodoviários pedem 16% de aumento, o Ministério Público do Trabalho propõe acordo de 5,82% e os empresários do transporte urbano dizem que não podem aplicar qualquer reajuste no salário.

  • Tags: