Homem invade quartel do Exército e é morto com tiro de fuzil

Um homem de identidade desconhecida foi morto com dois tiros de fuzil, modelo FAL, calibre 762. Ele teria invadido o quartel da 12ª Região Militar do Exército Brasileiro, na estrada da Ponta Negra, zona sul de Manaus. Ele teria se negado a atender ao comando do sentinela. Segundo informações do Instituto Médico Legal (IML), a vítima levou dois tiros, um que fraturou o fêmur e outro, no lado esquerdo do abdome e morreu na hora.

Liege Albuquerque, especial para o Estadão,

08 Outubro 2007 | 12h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.