Homem que passou mais de 200 mil trotes na PM é preso

Segundo a Polícia Militar, ele foi preso no momento em que passava trotes para a Central de emergência através de um orelhão, em Sergipe

Solange Spigliatti, Central de Notícias

03 Março 2011 | 15h39

SÃO PAULO - Foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira, 2, José Uilson Santos, de 20 anos, acusado de passar mais de 200 mil trotes ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) de Sergipe.

Segundo a Polícia Militar, ele foi preso após monitoramento feito pelo Ciosp, no momento em que passava trotes para a Central de emergência através de um orelhão, no bairro Jabotiana. Ele ficou alguns minutos conversando com um atendente do Ciosp, repassando informações sobre supostos crimes praticados na capital.

"Como ele ligou de um orelhão, no mesmo momento, em um grande monitor, localizamos o ponto exato e pudemos enviar a patrulha", explicou o coronel Salvador Braulino Sobrinho, diretor do Ciosp.

Uilson é conhecido dos atendentes do Ciosp e já tinha até um apelido, '3014', em referência às duas últimas dezenas do número do celular dele. No total, segundo dados do Ciosp, foram mais de 200 mil ligações direcionadas apenas de um número de celular.

Uilson prestou depoimento ontem à noite na Delegacia Plantonista ao delegado Wellington Fernandes, em virtude da falsa comunicação de crime, considerado crime de menor potencial ofensivo.

Caso ele seja reincidente, ficará detido em uma unidade policial, aguardando posicionamento da Justiça e, caso seja condenado, pode pegar de um a seis anos de detenção.

Mais conteúdo sobre:
trotes polícia Ciosp Sergipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.