Homem tem orelha decepada após grupo questionar sua sexualidade

Vítima estava abraçada com filho em uma festa de peão em São João da Boa Vista, interior de SP

Carolina Spillari, estadão.com.br

18 Julho 2011 | 21h05

SÃO PAULO - Um homem estava passeando abraçado com o filho no último sábado, 16, quando teve parte da orelha mordida e decepada, informou nesta segunda-feira, 18, a Polícia de São João da Boa Vista, no interior de São Paulo, cidade onde aconteceu o incidente.

 

Os dois estavam em uma festa de peão. O agressor que mordeu a orelha do homem estaria acompanhado de cerca de 20 pessoas. Em princípio, o grupo teria perguntado se ele e o filho eram gays. Depois, um dos integrantes do grupo acabou agredindo a vítima e arrancando parte de sua orelha.

 

A polícia de São João da Boa Vista ainda investiga o episódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.