Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Horário eleitoral recomeça com tempos iguais

Dilma e Serra terão 20 minutos diários; propaganda na TV e no rádio vai até 29 de outubro

, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2010 | 00h00

O calendário eleitoral do segundo turno começa com a volta da propaganda gratuita, 48 horas depois de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proclamar o resultado da disputa. Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), assim como os candidatos ao governo de Estados onde a eleição não foi encerrada ontem, terão o mesmo tempo para apresentar suas propostas. O horário eleitoral acaba no dia 29 de outubro, dois dias antes da eleição, que acontece no dia 31.

A legislação eleitoral determina que, no segundo turno, os candidatos dividam o tempo de 20 minutos diários em cada uma das edições que vão ao ar, na televisão - às 13h e às 20h30. No rádio, a propaganda eleitoral também será veiculada em dois blocos diários de 20 minutos nos horários das 7h e das 12h.

O primeiro debate entre os presidenciáveis acontece já no próximo domingo, dia 10, às 22h. O encontro será transmitido pela TV Bandeirantes, que também realizou o primeiro confronto no 1.º turno. Os candidatos já haviam se comprometido, em caso de segundo turno, a se enfrentar logo no primeiro domingo depois da eleição. O Grupo Estado também promoverá novas sabatinas com os candidatos e negocia mais um debate com a TV Gazeta.

Ainda amanhã os comícios já estarão liberados e assim seguem até dia 28. Carreatas e distribuição de material de propaganda serão permitidas até o dia 30.

Agenda do segundo turno

Dia 10: Primeiro debate dos candidatos na televisão. Promovido pela TV Bandeirantes, terá início às 22 horas

Dia 29: Último dia da propaganda gratuita no rádio e na televisão

Dia 30: Último dia para carreatas e campanha nas ruas

Dia 31: Votação do segundo turno das eleições, entre 8 e 17 horas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.