Horário político vira programa policial

Na reta final da campanha, os candidatos que disputam o governo do Estado de Mato Grosso - Silval Barbosa, do PMDB (foto), Wilson Santos (PSDB), Mauro Mendes (PSB) e Marcos Magno (PSOL) - quase tiraram a cobertura jornalística das páginas de política e a colocaram nas páginas policiais. Debates e entrevistas foram marcados por denúncias de desvio de dinheiro, compra de votos e acusações de calotes entre os concorrentes. Por conta disso, a Justiça Eleitoral montou um verdadeiro esquema de guerra. Haverá a presença de, no mínimo, dois policiais por local de votação na área rural e um nos locais em áreas urbanas neste domingo.

, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.