Incêndio em edifício garagem destrói três carros

Trinta e dois anos depois do maior incêndio que São Paulo assistiu, no Edifício Joelma, quando, em 1.º de fevereiro de 1974, 188 pessoas morreram, um outro incêndio, no prédio vizinho, destruiu três carros na tarde de hoje. O fogo começou quando um dos carros estacionados no quinto andar do prédio pegou fogo quando o motorista tentava dar a partida. Ele tentou apagar o incêndio, mas não conseguiu. O fogo se alastrou e destruiu outros dois carros. A densa fumaça chamou a atenção da população, que relembrou imagens da tragédia do Joelma. Quinze homens de três guarnições do 1.º Grupamento de Bombeiros trabalharam no combate ao fogo. Ninguém ficou ferido.

Agencia Estado,

03 Fevereiro 2006 | 19h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.