1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Indenizações por acidente de trânsito crescem 25%

Carla Araújo e Luciano Bottini Filho - O Estado de S.Paulo

11 Fevereiro 2014 | 10h 35

No ano passado, o seguro de trânsito obrigatório (DPVAT) pagou R$ 3,2 bilhões em indenizações

O número de indenizações derivadas do seguro de trânsito obrigatório (DPVAT) subiu 25% em 2013, se comparado ao ano anterior, informou na manhã desta terça-feira, 11, a Seguradora Líder-DPVAT, administradora do seguro no País. No ano passado, foram pagos R$ 3,2 bilhões em indenizações. 

As principais vítimas de acidentes de trânsito indenizados foram motociclistas. No ano passado, eles representaram 53% do total de indenizados. Apesar de as motos serem somente 27% da frota nacional, em 71% dos casos em que o seguro DPVAT foi acionado foi em acidentes com motos.

Os condutores de forma geral receberam 60% dos pagamentos, pedestres (22%) e passageiros foram responsáveis por 18% das indenizações. As principais vítimas de acidentes de trânsito indenizados foram homens, representando 76%. A maior incidência de pagamentos foi para a faixa etária de 18 a 34 anos (50%).

A Seguradora Líder-DPVAT informou ainda que em 2013 houve uma alta de 26% nos benefícios por invalidez permanente, que tiveram 444.226 pagamentos, o que representou 70% da cobertura. Em compensação, houve queda de 10% nas indenizações pagas por morte, que somaram 54.767 pagamentos ante 60.752 no ano anterior.