Índio pede que eleitores só viajem após a eleição

RIO

, O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2010 | 00h00

O deputado Índio da Costa (DEM), candidato a vice-presidente na chapa do tucano José Serra, voltou a manifestar preocupação ontem com a possibilidade de muitos eleitores viajarem no feriado de Finados, deixando de votar no dia 31. Ele participou de panfletagem na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, zona norte do Rio, durante a qual foi erguido cartaz com a frase "Não troque 4 dias por 4 anos".

Nas abordagens no parque, Índio pediu a dezenas de pessoas que viajem depois de votar. "O Gabeira já perdeu eleição por causa disso", disse Índio, referindo-se à derrota de Fernando Gabeira (PV) para Eduardo Paes (PMDB) em 2008 por pouco mais de 55 mil votos, no segundo turno da eleição para a prefeitura do Rio, também em véspera de feriado.

O deputado atacou a candidata Dilma Rousseff (PT) quando uma mulher disse que não votaria em Serra por acreditar que, se eleito, ele privatizaria a Petrobrás. "É mentira. Estão inventando isso para tirar voto do Serra. O que tinha de ser privatizado já foi."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.