Infraero aumenta capital para obras em aeroportos

Valor incorporado de R$ 302,54 milhões se refere à verba liberada pelo Programa de Aceleração do Crescimento

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

04 Outubro 2007 | 18h30

Os aeroportos de Congonhas, Guarulhos, em São Paulo, Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e de Goiânia e Vitória receberão recursos para novas obras a partir da aprovação nesta quarta-feira, 3, do aumento de capital social da Infraero. O valor incorporado, de R$ 302,54 milhões, se refere à verba liberada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).   A reunião foi presidida pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, que afirmou que o novo valor dá condições de um melhor investimento no aparelhamento dos aeroportos. Também estiveram presentes o presidente da Infraero, Sérgio Gaudenzi, e os membros do novo conselho de administração da empresa. Segundo Gaudenzi, o aumento do capital é muito importante para trabalhar os aeroportos.   A reunião também serviu para que o ministro e Gaudenzi assumissem seus postos no conselho de administração da estatal, em substituição ao ex-ministro Waldir Pires e ao ex-presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira. Também assumiram os novos membros titulares do conselho fiscal: Murilo Marques Barbosa e Marcelo Akiyoshi Loureiro. Como membro suplente, entra Edmundo Theobaldo Mulles Neto. Os três trabalham no Ministério da Defesa.

Mais conteúdo sobre:
aeroporto congonhas PAC Infraero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.