Inpe prepara relatório sobre clima na noite do apagão

Documento será enviado para ONS; instituto não detectou raios próximos ao sistema onde ocorreu falha

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

12 Novembro 2009 | 17h02

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) prepara uma relatório técnico para o Operador Nacional do Sistema (ONS) sobre as condições atmosféricas no país na noite em que ocorreu o apagão que deixou 18 Estados brasileiros às escuras.

 

Veja também:

linkBlecaute é 'assunto encerrado', diz Lobão

linkNo Rio, mais de 10 mil estudantes seguem sem aulas

linkMPF abre procedimento para investigar apagão

especialOs números do apagão nos 18 Estados

especialApagão vira jogo de empurra e disputa eleitoral; veja as frases

especialO Brasil no escuro: entenda o efeito dominó do sistema

mais imagens Imagens do blecaute que atingiu o Brasil

som Procon explica como proceder em caso de prejuízos

lista Histórico dos grandes apagões brasileiros

lista Leia a cobertura completa sobre o blecaute

 

Segundo nota divulgada pelo instituto, os técnicos do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) e do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), analisam os dados sobre os possíveis raios e outros fatores meteorológicos, como intensidade dos ventos e chuvas.

 

Embora o Inpe afirme ter havido instabilidade atmosférica que causou chuvas fortes, raios e rajadas de vento em localidades do Paraná e São Paulo, e uma tempestade na região próxima a Itaberá, as descargas mais próximas do sistema elétrico estavam a cerca de 30 km da subestação e cerca de 10 km de uma das quatro linhas de Furnas.

 

EXPLICAÇÃO

 

Na quarta-feira, o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, informou que o blecaute que afetou 18 Estados foi causado por condições atmosféricas adversas que afetaram uma subestação de energia em São Paulo. Raios, chuvas e ventos teriam provocado um curto-circuito nos três circuitos de Itaipu que levam energia às regiões Sul e Sudeste, passando pela subestação de Itaberá (SP).

 

Mais conteúdo sobre:
apagao2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.