1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ipanema tem ato contra 'lei antigay' russa

Roberta Pennafort - O Estado de S. Paulo

02 Fevereiro 2014 | 16h 32

Anistia Internacional recolhe assinaturas que serão encaminhadas à Embaixada da Rússia no Brasil

RIO - A Anistia Internacional no Brasil promoveu, neste domingo, um ato na praia de Ipanema para recolher assinaturas em repúdio ao posicionamento preconceituoso contra homossexuais do governo da Rússia, que quer coibir a chamada "apologia à homossexualidade".

É parte da campanha internacional "Para a Rússia com amor", que tem como objetivo fazer pressão para que o país respeite os direitos dos gays. No Brasil, já foram reunidas seis mil assinaturas, que serão entregues à embaixada russa em Brasília essa semana.

Os organismos internacionais de defesa dos direitos humanos querem aproveitar as Olimpíadas de Inverno na cidade russa de Sochi, entre os dias 7 e 23 deste mês, para que o discurso contra a discriminação reverbere. No mês passado, o presidente Vladimir Putin equiparou gays a pedófilos. Disse que os homossexuais são bem-vindos ao país durante os jogos, mas devem "deixar as crianças em paz."

"Durante os jogos, a opinião internacional vai estar prestando atenção a tudo que está acontecendo na Rússia. É absolutamente inadmissível que um país que quer ter uma posição de liderança no mundo de hoje tenha um discurso homofóbico", apontou o assessor de direitos humanos da Anistia Maurício Santoro.