Ipatinga decreta luto por morte de 11 pessoas em acidente de ônibus

Governador eleito Antonio Anastasia visitou velório nesta manhã; veículo caiu de ribanceira

Solange Spigliatti, Central de Notícias

18 Outubro 2010 | 14h29

SÃO PAULO - A prefeitura de Ipatinga, cidade da região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais, decretou nesta segunda-feira, 18, luto de três dias em respeito às vítimas do acidente ocorrido neste domingo, 17.

 

Um ônibus fretado pela Associação de Pais e Amigos e dos Excepcionais (APAE) caiu numa ribanceira de cerca de 30 metros ao passar pela ponte sobre o Rio Araçuaí, na Rodovia MG-451, em Carbonita. Onze pessoas morreram e 22 ficaram feridas.

 

Segundo a assessoria da prefeitura, o governador eleito Antonio Anastasia (PSDB) visitou o velório nesta manhã, por cerca de 40 minutos, para prestar solidariedade às vítimas.

 

Seis vítimas estavam no Ginásio Poliesportivo Sete de Outubro e outras cinco na capela do Cemitério Senhora da Paz. O enterro das vítimas aconteceu no fim da manhã.

Mais conteúdo sobre:
APAE acidente Minas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.