Justiça bloqueia bens de deputada, Barbosa e Arruda

A Justiça do Distrito Federal determinou ontem o bloqueio de bens da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), de seu marido, Manoel Neto, do delator do mensalão do DEM, Durval Barbosa, e do ex-governador José Roberto Arruda. Serão bloqueados bens até R$ 300 mil, conforme pedido do Ministério Público do DF. Na ação, os promotores afirmam que Jaqueline recebeu dinheiro de Barbosa em troca de apoio a Arruda. A denúncia é baseada em vídeo revelado pelo Estado, no qual Barbosa entrega R$ 50 mil à deputada.

, O Estado de S.Paulo

23 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.