Justiça determina prazo para destinação de carros apreendidos em SP

Em um prazo de 30 dias, corregedoria permitirá a destruição de cerca de 5 mil carros, dos 16 mil guardados no pátio Santo Amaro

02 Março 2011 | 04h03

SÃO PAULO - A Corregedoria Geral da Justiça deu um prazo de 30 dias para que os juízes deem um parecer liberando ou não a destruição dos veículos com pendências criminais, que foram apreendidos pela polícia paulista e encaminhados para pátios.

 

A decisão foi publicada no Diário Oficial de Justiça de segunda-feira, 28, e permitirá a destruição de cerca de 5 mil carros, dos 16 mil guardados no pátio Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, o maior da capital.

 

A proposta, segundo a Secretaria de Segurança Pública, será estendida aos 30 mil veículos com pendências judiciais na capital e aos 105 mil no Estado. Depois de destruídos, esses veículos serão transformados em sucata e vendidos para reciclagem, por meio de licitação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.