Justiça nega pedido de habeas-corpus de 2 acusados no caso Bruno

Fernanda Gomes de Castro, ex-noiva do goleiro Bruno, e Flávio Caetano de Araujo tiveram pedidos negados; para juiz, réus tem dificultado investigação

Pedro da Rocha, estadão.com.br

13 Outubro 2010 | 19h18

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou, nesta quarta-feira, 13, por maioria dos votos, o pedido de habeas-corpus feitos para Fernanda Gomes de Castro, ex-noiva do goleiro Bruno, e Flávio Caetano de Araujo, ambos acusados de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno.

 

Veja também:

linkBruno e primo passam mal em audiência e vão para hospital

linkEx-noiva de Bruno também passa mal e audiência em Contagem é suspensa

 

Para um dos desembargadores, Herbert Carneiro, que julgou os pedidos, se forem soltos, os suspeitos podem, segundo Herbert, "buscar alterar a prova, frustrá-la ou impedir sua produção". Ele diz ainda que todos os réus "têm dificultado a instrução criminal, obstaculizando a obtenção de provas e apagando vestígios".

 

Dos desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Herbert negou os pedidos em ambos os casos e foi acompanhado pelo desembargador Eduardo Brum. Na sessão anterior, o desembargador Doorgal Andrada havia votado pela concessão integral do habeas-corpus de Flávio e pela concessão em parte do pedido de Fernanda, mas ficou vencido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.