Líder de ONG de ultradireita fez encomenda

Kelmon Luiz de Souza, o misterioso personagem que encomendou os folhetos anti-Dilma, é presidente da Associação Theothokos, uma ONG ligada a setores de ultradireita da Igreja Ortodoxa. Em Guarulhos, diocese dirigida pelo bispo d. Luiz Gonzaga Bergonzini, de quem Souza se intitula assessor, ele é um completo desconhecido.

Moacir Assunção, O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2010 | 00h00

 

Veja também:

link Sócia da gráfica que imprimiu panfletos contra Dilma é tucana

link Serra diz que caso dos panfletos é 'factóide'

som Bispo defende documento apreendido em SP

link PF apreende folheto com críticas ao PT e a Dilma

   

Sua foto aparece no portal do "Partido Monarquista Parlamentarista Brasileiro". No portal da Theothokos, uma nota admite a impressão dos folhetos e protesta contra a apreensão. "Repudiamos fortemente o violento ataque à gráfica responsável pela impressão das cópias encomendadas pela Diocese de Guarulhos. O ato representa uma agressão e tentativa de mordaça a um órgão de imprensa e ao posicionamento de lideres religiosos", diz.

Uma consulta ao site registro.br reforça ainda mais os laços de Souza com a ultradireita: o portal da associação está em nome da Casa de Plínio Salgado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.