Light desconhece causa de apagão que começou pela manhã no Rio

Empresa não soube informar a previsão para que o problema que atinge centro carioca seja solucionado

Kelly Lima, Agência Estado

21 Outubro 2010 | 14h44

RIO - Quase cinco horas após o início do apagão que atinge as principais ruas e avenidas do centro do Rio de Janeiro, a distribuidora Light ainda não identificou a causa do problema. Segundo a companhia, 2.300 clientes foram afetados pela falta de luz nas avenidas Rio Branco, Presidente Antônio Carlos, Almirante Barroso, Nilo Peçanha, além da Rua da Assembleia.

A Light não sabe informar quando o problema poderá ser solucionado. Apenas prédios e estabelecimentos comerciais com geradores especiais estão funcionando. Um dos poucos prédios com luz é o do governo do Estado na Rua da Ajuda, que tem uma rede própria que vem da Frei Caneca.

Segundo a concessionária, técnicos da companhia estão mobilizados para realizar os reparos em cabos da rede subterrânea que atendem a região e normalizar o fornecimento. No trânsito, equipes de operadores da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio) e da Guarda Municipal estão mobilizados em cada esquina para reduzir os engarrafamentos formados pela falta de semáforos em funcionamento.

Mais conteúdo sobre:
apagão energia Light centro Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.