Aquário de Ubatuba/Divulgação
Aquário de Ubatuba/Divulgação

Lobos marinhos aparecem em praias do litoral paulista

Aparição de animais marinhos vindos da Antártica é comum nesta época do ano

Reginaldo Pupo, Especial para O Estado de S.Paulo

16 Julho 2013 | 19h17

ILHABELA – Dois ilustres visitantes chamaram a atenção de banhistas que circulavam pelas praias de Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, e na Ponta da Praia, em Ilha Comprida, no litoral sul. A aparição de animais marinhos vindos da Antártica é comum nesta época do ano. Pinguins também já foram vistos nas praias do litoral norte nos últimos dias.

Na manhã de ontem, o lobo marinho visto em Maresias na última segunda-feira ficou por diversas horas se espreguiçando nas pedras e areias da Praia do Curral, em Ilhabela. Segundo moradores, ele apareceu por volta das 6h. A Polícia Ambiental teve que isolar parte da praia para privar o animal de curiosos. A frente fria que atinge o litoral paulista pode ter contribuído para a chegada dos animais, trazidos pelas correntes marítimas.

O lobo marinho de Ilhabela, da espécie Arctocephalus tropicalis, pesava cerca de 90 quilos e media 1,70m, segundo o Aquário de Ubatuba, que enviou uma equipe para avalia-lo. Os técnicos afirmaram que ele tem dois anos de idade e parou na praia apenas para descansar. “O animal está forte, não apresenta ferimentos significativos”, disse o presidente do Instituto Argonauta, Hugo Gallo.

“Esta espécie é comum no extremo sul do nosso continente e nas ilhas que margeiam a Antártica e seu aparecimento no litoral paulista se dá por causa das correntes que vêm da Antártica nessa época do ano, como parte de um fenômeno cíclico da natureza”, explica o oceanógrafo. A equipe técnica do instituto realizou a marcação do lobo-marinho com anilha e foram coletados sangue e pelos para pesquisa. Por volta das 16 horas o animal retornou ao mar.

Já o lobo marinho encontrado em Ilha Comprida seria tratado por um organização não-governamental até que ele retornasse ao mar por conta própria. Ele mede 1,60 metros e também não registrava ferimento aparente.

Mais conteúdo sobre:
Lobos Praias Litoral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.