Luciano Huck não reconhece suspeitos de roubo de Rolex

Apresentador da TV Globo foi roubado por dois homens quando saia de um restaurante no Itaim Bibi

O Estadao de S.Paulo

19 Outubro 2007 | 00h00

O apresentador de TV Luciano Huck não reconheceu ontem dois detidos sob a suspeita de terem roubado seu Rolex, no dia 27, no Itaim-Bibi. O delegado Marcos Manfrin levou as fotos a Huck no escritório do pai do artista.   O apresentador de TV Luciano Huck não reconheceu ontem dois detidos sob a suspeita de terem roubado seu Rolex, no dia 27, no Itaim-Bibi. O delegado Marcos Manfrin levou as fotos a Huck no escritório do pai do artista.   Na quarta-feira, 17, um homem suspeito de ter roubado o relógio Rolex do apresentador de televisão Luciano Huck foi detido em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Wagner do Nascimento Marinho, de 22 anos, estava foragido da Penitenciária de Valparaíso, a 580 km da capital, onde cumpre pena por roubo seguido de tentativa de homicídio.   Marinho era suspeito de fazer parte da dupla que roubou o apresentador, que não o reconheceu. Huck foi roubado por duas pessoas que estavam em uma moto logo após sair de um restaurante do bairro. Junto com Marinho, policiais civis detiveram um grafiteiro de 27 anos que tem passagem na polícia por roubo.   Quando foi abordado por policiais, Marinho apresentou uma identidade falsa com o nome de Antônio Edgar Torres Câmara. Com ele, foi apreendida uma moto prata. Segundo informações da assessoria do apresentador, ele não poderia comparecer ao Deic na quarta-feira para reconhecer o suspeito devido às gravações de seu programa no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.