Mãe de bebê abandonado em Contagem é presa

Segundo o hospital, a menina está entubada e seu estado de saúde é grave, mas estável

Solange Spigliatti, estadao.com.br

01 Outubro 2007 | 11h45

A polícia mineira prendeu, na manhã desta segunda-feira, 1, em Contagem, Elizabeth dos Santos. Ela é acusada de jogar sua filha, um bebê recém nascido, no Ribeirão Arrudas, na tarde de domingo. Segundo a rádio CBN, a mulher será autuada em flagrante por tentativa de homicídio.   O bebê, do sexo feminino, continua internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Maternidade Municipal de Contagem em estado grave.  Segundo o hospital, a menina está entubada e seu estado de saúde é grave, mas estável. Ela pesa 2,110 quilos e mede 45 cm, foi encontrada com hematomas no tórax e nos joelhos, "o que sugere que ela foi jogada de frente", afirma a diretora geral da maternidade, Renata Graziela Soares.   A criança está sendo medicada com dois tipos de antibióticos, devido às suspeitas de infecção, por conta do local onde foi encontrada. Batizada pela equipe médica com o nome de Michele, a menina não tem previsão de alta.   O bebê foi encontrado por volta das 14 horas de domingo, pelos moradores do bairro Jardim Industrial e foi salvo pelo morador Tiago Magalhães da Silva, de 22 anos. Ela foi levada para o hospital São José, e depois transferida para a maternidade Municipal de Contagem. A diretora do hospital também informou que pelo estado do cordão umbilical da menina, ela teria nascido em uma maternidade.

Mais conteúdo sobre:
bebê jogado em ribeirão Contagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.