1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mãe de Eliza consegue guarda do neto

estadão.com.br

08 Julho 2010 | 15h 58

Criança que seria fruto de relacionamento extraconjugal com Bruno estava com pai da jovem

SÃO PAULO - A Justiça concedeu nesta quinta-feira, 8, a guarda provisória do filho de Eliza Samudio, que estava com seu pai, Luiz Carlos Samudio, para a mãe da estudante, Sônia Moura. A guarda da criança de quatro meses, que seria fruto de uma relação extraconjugal da jovem com o goleiro Bruno Fernandes, é objeto de disputa entre Samudio e Sônia.

 

Veja também:

linkGoleiro presenciou sequestro e assassinato, diz polícia mineira

linkBruno e Macarrão são transferidos para prisão em Bangu

linkOssos de Eliza foram concretados, diz menor

linkBruno: 'Copa de 2014 acabou'

especialCronologia do caso

 

Na quarta-feira, o advogado Sérgio Barros da Silva, que representa o pai da estudante, afirmou que a mãe estaria expondo um caso de estupro contra uma garota de 10 anos, que seu cliente responde na Justiça, com a intenção de denegrir a imagem do ex-marido e obter a guarda definitiva do neto. "Há muitos interesses por trás disso, principalmente financeiros", afirmou.

 

Por outro lado, Sônia disse que se sente injustiçada pela forma pela qual é retratada. "Eu não abandonei a minha filha, como estão publicando por aí sem pelo menos ouvir o que tenho a dizer", afirmou. "Minha filha morou comigo em Campo Grande e foi embora de madrugada por que quis."

 

A Justiça do Paraná havia concedido a guarda da criança a Samudio na segunda-feira. Ontem, Sônia declarou: "É filho de um jogador, mas eu quero meu neto e vou conseguir. Quero dar a ele tudo que não pude dar para Eliza."