Mãe é indiciada por abandonar a filha recém-nascida

A polícia indiciou por abandono de incapaz a inspetora de alunos Ivanilde do Nascimento, 32 anos. Na terça-feira, ela deixou a filha de dois dias de vida na porta de uma casa na Rua Santa Felícia, em Cidade Ademar, zona sul de São Paulo. A recém-nascida, encontrada sobre a calçada, sem roupa e enrolada em um fino lençol, foi encaminhada ao pronto-socorro estadual do Hospital Geral de Pedreira, também na zona sul, e passa bem. Ivanilde foi detida na escola Estadual onde trabalha. No depoimento à polícia, ela contou que deu à luz sozinha, dentro de casa. A polícia encontrou na residência a placenta e o cordão umbilical, o que confirma a versão. Mãe de outras três crianças, Ivanilde decidiu abandonar a quarta filha por não ter condições de educá-la. Ela alegou estar passando fome e não poder cuidar de mais uma criança. Na porta da casa onde a bebê foi deixada mora a empregada doméstica Noêmia Bezerra da Silva, de 48 anos. Ivanilde disse à polícia que escolheu Noêmia porque ficou sabendo que ela teve uma grande perda na vida e que, provavelmente, cuidaria bem da menina. Arrependida, Ivanilde agora quer a criança de volta. O caso foi registrado no 43º Distrito Policial e encaminhado à Vara da Infância e da Juventude. Enquanto seu destino estiver incerto , a bebê ficará no hospital.

Agencia Estado,

15 Fevereiro 2006 | 19h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.