1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mais duas vítimas do arrastão a hospital no Rio prestam depoimento

Thaise Constâncio - O Estado de S. Paulo

05 Fevereiro 2014 | 10h 17

Na noite de segunda-feira, 3, seis bandidos armados entraram no hospital; funcionários da unidade hospitalar devem ser ouvidos ainda nesta quarta

RIO - Mais duas vítimas do arrastão ao Hospital Norte D'Or, em Cascadura, subúrbio do Rio, prestaram depoimento na 28ª DP (Campinho), zona norte, nessa terça-feira, 4. Os funcionários da unidade hospitalar devem ser ouvidos ainda nesta quarta, 5, e o delegado titular Jorge Farid Zahra espera que as outras vítimas se apresentem. Na terça, um dos seis bandidos foi identificado por uma das vítimas.

Na noite de segunda-feira, 3, seis bandidos armados entraram no hospital e promoveram um arrastão. Eles obrigaram funcionários, inclusive os seguranças, acompanhantes e pacientes que aguardavam atendimento na recepção e deitarem no chão enquanto recolhiam bolsas, celulares, relógios e dinheiro. O delegado estima que pelo menos 12 pessoas tenham sido roubadas. Na saída, eles ainda roubaram um carro que entrava no Norte d'Or.

Moradores do bairro afirmam que assaltos e roubos a carros são recorrentes na região. Vizinhos disseram que esta é a terceira vez que o hospital é assaltado, mas nas outras vezes eles só invadiram o estacionamento.