1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Manifestação contra a Copa em Belo Horizonte tem tumulto e detidos

Marcelo Portela e Suzana Inhesta - O Estado de S. Paulo

12 Junho 2014 | 16h 51

Prédio da biblioteca pública, sala de cinema e agências bancárias ficaram destruídos

Atualizada às 20h13

BELO HORIZONTE - Pelo menos 11 adultos e uma menor foram detidos e um fotógrafo e um policial ficaram feridos durante embate entre manifestantes e policiais militares nesta quinta-feira, 12, em Belo Horizonte. Apesar de a manifestação com cerca de 400 pessoas, segundo a Polícia Militar (PM), ter transcorrido de forma pacífica na maior parte da tarde, mascarados entraram em confronto com militares e promoveram quebradeira que causou destruição no prédio da biblioteca pública, em uma sala de cinema e agências bancárias, entre outros estabelecimentos. 

Reuters
Polícia conteve protesto em Belo Horizonte

Um carro da Polícia Civil foi virado e queimado em frente à sede do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). De acordo com a PM, os detidos foram autuados por vandalismo e liberados após serem ouvidos. O fotógrafo Sérgio Moraes, de 52 anos, que estava a serviço da Agência Reuters, foi atingido por uma pedrada na cabeça e precisou receber atendimento no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS) e, até a noite desta quinta, permanecia em observação. 

Um capitão da PM também levou uma pedrada na cabeça e foi liberado após receber atendimento no Hospital da Polícia Milita (HPM) Entre os detidos, segundo a PM, estão "dois suspeitos de participar da depredação" da viatura.

  • Tags: