Menina é esfaqueada por tio em frente à escola na Grande Belo Horizonte

Garota de 15 anos estaria sendo assediada pelo homem e, segundo a polícia, diante de negativa, parente a feriu em Santa Luzia; em Contagem, mulher foi morta no meio da rua com três tiros sem motivo aparente

Luciana Fadon Vicente, Central de Notícias

27 Outubro 2010 | 12h47

SÃO PAULO - Uma menina de 15 foi esfaqueada pelo seu próprio tio nesta quarta-feira, 27, perto de uma escola em Santa Luiza, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A jovem estaria sendo assediada pelo homem, de 27 anos.

 

Segundo informações da Polícia Militar, o homem teria tentado assediar a menina nos últimos dias e, nesta manhã, a teria seguido até a escola, onde propôs um relacionamento sexual. Com a recusa da sobrinha, o homem pegou uma faca que carregava e a esfaqueou.

 

A menina foi atendida no local e levada para o pronto-socorro da cidade, de acordo com a PM, de onde foi transferida para o Hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte. A jovem não corre risco de vida. O suspeito está foragido.

 

Crime. Em Contagem, uma mulher foi morta a tiros, nesta terça, no meio da rua no bairro Juscelino Kubitschek. Segundo informações da Delegacia Especializada de Homicídios do município, a mulher foi atingida no braço esquerdo, tórax e cabeça e morreu no local. A polícia investiga a possibilidade de que o crime tenha motivo passional, já que nada foi roubado. Ainda não há informação sobre suspeitos.

 

Atualizado às 13h14 para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.