1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Mesmo fechado, Shopping Leblon atrai manifestantes do 'rolezinho'

Thaise Constâncio - O Estado de S. Paulo

19 Janeiro 2014 | 16h 20

Segurança do estabelecimento foi reforçada com profissionais à paisana e policiais militares

RIO - Manifestantes começam a se reunir na porta do Shopping Leblon, na zona sul do Rio. Apesar de ter conseguido liminar na Justiça contra a realização do "rolezinho", o shopping, um dos mais sofisticados da cidade, fechou as portas neste domingo, 19, "visando a garantir a segurança e o bem-estar de seus clientes, lojistas e colaboradores", afirma o Grupo Aliansce, responsável pela administração do centro comercial. Notas em inglês e português foram colocadas na porta do shopping.

O Shopping Rio Design Leblon, que fica quase na frente do Shopping Leblon, também fechou as portas.

Clientes que passavam em frente ao shopping perguntavam aos seguranças o motivo do fechamento do centro comercial neste domingo. Alguns classificaram como "absurdo" o fato de o shopping não abrir.

No site do Shopping Leblon não havia nenhum aviso sobre o fechamento do centro comercial. A segurança foi reforçada, inclusive com profissionais à paisana.

O teatro Oi Casa Grande, que fica dentro do shopping, no entanto, funcionou normalmente. O Shopping Leblon fica em frente à Delegacia de Atendimento ao Turista (DEAT) e à Delegacia Antissequestro (DAS). A 14ª Delegacia de Polícia fica bem próxima ao local.

Apesar do anúncio do secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, de que a Polícia Militar não reforçaria a segurança no local, policiais militares se posicionaram na frente dos shoppings. A Guarda Municipal também reforçou o efetivo.