Metroviários de Brasília voltam ao trabalho nesta quarta-feira

Trabalhadores, que reivindicam aumento salarial, melhorias no sistema e contratações, estavam há mais de um mês em greve

18 Janeiro 2012 | 08h44

Os cerca de 1.200 metroviários de Brasília, que estavam em greve desde o dia 12 de dezembro do ano passado, voltaram ao trabalho às 6 horas desta quarta-feira, 18. Segundo a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, as duas linhas da cidade estão operando normalmente.

Na tarde de ontem, em sessão de julgamento no Tribunal Regional do Trabalho -10ª região, foi afastada a abusividade da greve e determinado o imediato retorno dos metroviários ao trabalho.

Ficou determinada ainda a compensação dos dias parados para os grevistas e a continuidade da negociação com a empresa que administra os trens e o Sindicato dos Trabalhadores em empresas de Transportes Metroviários (Sindmetrô), em prazo estipulado de 15 dias a partir da publicação do acórdão da decisão.

Os metroviários entraram em greve por tempo indeterminado em dezembro, após negociações com a empresa e o governo ao longo do ano, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em empresas de Transportes Metroviários.

Além do aumento salarial, os metroviários reivindicavam melhorias no sistema de trens, estações e manutenção, cumprimento do acordo coletivo e a execução de um concurso público para contratar mais funcionários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.