Minas tem 128 cidades em estado de emergência pelas chuvas

Em todo o Estado, 30.881 estão desalojados, na casa de parentes ou amigos, e 3.756 desabrigados, por perderem tudo e ocupam abrigos públicos

Marília Lopes, Central de Notícias

10 Março 2011 | 14h21

SÃO PAULO - Subiu para 128 o número de cidades em emergência em Minas Gerais por conta das chuvas. As últimas cidades a decretarem a situação foram Mutum e Antonio Prado de Minas. De acordo com boletim divulgado pela Defesa Civil do Estado nesta quinta-feira, 10, são 176 os municípios afetados pelas chuvas.

Durante o feriado, os municípios de Igarapé e Carangola registraram tempestades e vendavais. Em Igarapé, algumas casas foram atingidas, mas não houve vítimas. Em Carangola também não houve vítimas. Sete casas foram destruídas, 25 pessoas estão desabrigadas e nove desalojadas.

Ainda segundo o balanço da Defesa Civil, em todo o Estado, 1.484.143 foram afetadas de alguma maneira pelos temporais, que deixaram 30.881 desalojados, que estão na casa de parentes ou amigos, e 3.756 desabrigados, que perderam tudo e ocupam abrigos públicos.

Mais de 7.500 casas foram danificadas pelas chuvas, sendo 312 destruídas. Minas Gerais já registra 17 mortes em decorrência das chuvas desde outubro de 2010, quando tem início o período de chuvas no Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.