Ministério da Saúde investirá R$ 98,3 mi no combate às drogas

Plano visa pacientes com transtornos mentais em 18 Estados; 73 novos centros de apoio serão inaugurados

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

03 Novembro 2009 | 18h56

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 3, um pacote de medidas para ampliar a assistência a usuários de álcool e drogas e a pacientes com transtornos mentais em 18 Estados do país. O plano, que prevê a abertura de 73 novos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), receberá R$ 98,3 milhões de investimentos por ano.

 

Veja também:

linkPlano de ação contra o crack no Rio inclui palestra e internação

linkVício em crack faz criança cobrar R$ 2 por sexo

link'Internação involuntária de quem usa crack deve ser ato médico'

 

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, assinou portarias que aumentam em até 31,85% o valor das diárias pagas por paciente internado em hospitais psiquiátricos e gerais.

 

Em função do novo pacote, o país passará a ter 1.467 CAPS. Do total de centros habilitados atualmente, 1.020 dedicam atendimento a usuários de substâncias psicoativas.

Mais conteúdo sobre:
drogas crack

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.