1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ministério Público quer multar Supervia em R$ 2,1 mi por problemas nos trens

Thaise Constancio - O Estado de S. Paulo

30 Janeiro 2014 | 17h 23

Entre as principais irregularidades apontadas pelo MPRJ estão a ausência de equipes de resgate, sistema de som ineficaz, composições antigas e em mau funcionamento e escassez de informações

RIO - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) protocolou na 6ª Vara Empresarial um pedido para multar a concessionária de trens Supervia em R$ 2,1 milhões por uma série de problemas no sistema ferroviário metropolitano entre os dias 22 e 24 de janeiro.

O MPRJ reuniu reportagens jornalísticas e manifestações dos consumidores, incluindo fotos, vídeos e documentos, principalmente sobre o caos no transporte metropolitano no dia 22, quando o descarrilamento de um trem paralisou todos os ramais ferroviários.

A petição é relativa ao descumprimento de itens da liminar de 2009, que exige solução para a má qualidade dos serviços prestados pela concessionária, principalmente em relação a atrasos, tumultos, acidentes, paralisação e falta de informação para os passageiros.

Irregularidades. Entre as principais irregularidades apontadas pelo MPRJ na petição estão a ausência de equipes de resgate, sistema de som ineficaz, composições antigas e em mau funcionamento mantidas em circulação e escassez de informações adequadas.

O Procon-RJ, órgão estadual de defesa do consumidor, e a agência reguladora de transportes, Agetransp, aguardam o laudo do acidente para calcular as multas que serão aplicadas à Supervia. Na terça-feira, 28, a Agetransp reuniu as concessionárias de transportes para que elas apresentem um plano de contingência integrado nos próximos 30 dias.