Motim em presídio termina após mais de 24 horas em Mato Grosso

Confusão começou na segunda-feira, 23, depois que agentes apreenderem drogas no dia de visitas

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

25 Janeiro 2012 | 14h31

SÃO PAULO - Cerca de 90 presos que realizaram um motim por mais de 24 horas no presídio Ferrugem, no município de Sinop, em Mato Grosso, renderam-se na tarde desta terça-feira, 24.

Segundo a polícia, a confusão começou na madrugada de segunda-feira, 23, por causa da apreensão de maconha realizada durante o domingo, 22, no dia de visitas. Os detentos se revoltaram porque a droga não conseguiu entrar no presídio e eles queimaram colchões e quebraram paredes. Ninguém se feriu.

A tropa de choque da Polícia Militar foi acionada. Equipes do Corpo de Bombeiros também estiveram no presídio. Durante o motim, familiares dos presos protestaram do lado de fora da unidade. Eles reclamaram das condições vividas pelos detentos.

Mais conteúdo sobre:
motim presídio Ferrugem Sinop Mato Grosso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.