Motorista atingido por bala perdida no Rio será indenizado

Vítima dirigia ônibus quando foi ferido durante tiroteio entre policiais e bandidos em 2003

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

06 Julho 2011 | 19h28

SÃO PAULO - Um motorista de ônibus atingido por uma bala perdida durante tiroteio entre bandidos e policiais receberá R$ 30 mil do Governo do Estado do Rio. A decisão da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio foi divulgada nesta quarta-feira, 6.

 

Paulo Roberto dos Santos foi atingido no ombro no dia 28 de novembro de 2003 e, em razão do ferimento, ficou impossibilitado de trabalhar. Na 1ª Instância, o pedido do autor da ação foi julgado improcedente. Ele recorreu e os desembargadores decidiram reformar a sentença.

 

Para o relator do processo, desembargador André Andrade, ao dispararem arma de fogo contra criminosos em área onde se encontravam pessoas inocentes, os policiais adotaram comportamento arriscado, pois colocaram em risco a integridade física e a vida de pessoas alheias ao confronto.

Mais conteúdo sobre:
tiroteio Rio motorista indenização TJ-RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.