Movimento 59 tenta reverter reeleição

Os candidatos a governador do Estado do Piauí pelo PSDB, Sílvio Mendes, e pelo PTB, João Vicente Claudino, fizeram um acordo tácito de coligação para enfrentar um eventual segundo turno. Juntos, eles criaram o chamado Movimento 59, que seria a soma dos números 45, do PSDB, com o número 14, do PTB. O objetivo é confrontar o governador Wilson Martins (PSB, na foto), candidato à reeleição. Mas pelas projeções das pesquisas de intenção de voto mais recentes, o governador venceria qualquer um dos concorrentes em um provável segundo turno. Para o Senado, o ex-governador Wellington Dias (PT) lidera as intenções de voto.

, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.