Movimento sem-teto faz ocupações em 18 cidades do País

Em Recife, uma idosa de aproximadamente 70 anos morreu após passar mal em confronto com a polícia

Valéria França, do Estadão,

01 Outubro 2007 | 18h33

Sem-teto de cinco centrais diferentes, a maioria ligada ao PT, promoveram mobilização nesta segunda-feira, 1, em 18 cidades de 15 estados. Até as 18h45 horas desta segunda, havia balanço parcial de cinco capitais. Veja também: - Idosa passa mal e morre em confronto da PM com sem-teto em Recife - Sem-teto interditam ruas de Salvador e rodovias na Bahia Em Salvador (BA) e Recife (PE), cerca de 10 mil manifestantes, cinco mil em cada uma, fecharam as principais avenidas das duas cidades. Apenas os pernambucanos entraram em confronto com a polícia. Em São Paulo, dois prédios foram invadidos na região central.   Em número de cidades envolvidas, a mobilização é maior do que a batizada de Abril Vermelho, neste ano, em que foram registradas 22 invasões a prédios e terrenos em dez. Dessa vez, no entanto, houve ocupação somente em São Paulo e Rio de Janeiro. Nas demais cidades, foram feitos atos públicos. Em Curitiba, imóveis vazios no centro amanheceram com adesivos "Interditado.   Em Recife, uma idosa de aproximadamente 70 anos passou mal quando os manifestantes entravam em confronto com a Tropa de Choque da Polícia Militar, em frente à sede do governo do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.