MP mantém proibição para construir auditório no Ibirapuera

O Conselho Superior do Ministério Público confirmou hoje, por unanimidade, a decisão de ajuizar uma ação civil pública contra a Prefeitura de São Paulo, com pedido de liminar, para impedir a construção de um auditório de 4.870 m2 de área construída no Parque do Ibirapuera. Segundo o Conselho, a construção do auditório prejudicaria o meio ambiente, o patrimônio histórico e paisagístico. O projeto arquitetônico foi elaborado por Oscar Niemeyer, há mais de 50 anos. Entretanto, o projeto original nunca foi executado. Ele prevê a construção três grandes prédios de exposição, interligados por uma marquise, duas outras edificações menores, uma em forma de cúpula e outra de trapézio, que deveriam abrigar um museu e um auditório.

Agencia Estado,

24 Junho 2003 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.