1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mulher agredida com cotovelada deixa UTI em Sorocaba

José Maria Tomazela - O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2014 | 12h 30

Vítima foi transferida para a enfermaria do hospital, mas seu estado ainda permanece grave

 SOROCABA - A auxiliar de produção Fernanda Regina César Santiago, de 30 anos, agredida com uma cotovelada em São Roque no dia 16, por um conhecido, deixou neste sábado, 23, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Sorocaba. Ela foi transferida para a enfermaria do hospital, mas seu estado ainda é grave, segundo a administração. Os médicos aguardam a evolução do quadro da paciente para decidir se ela precisará passar por cirurgia.

A agressão, após uma discussão banal na saída de um baile, foi gravada pela câmera de segurança de um estabelecimento comercial. Fernanda caiu e bateu a cabeça na calçada após ser atingida violentamente no rosto. O agressor, o comerciante Anderson Tingo de Oliveira, 34, foi indiciado por tentativa de homicídio e continuava preso temporariamente na cadeia pública de São Roque. Seu advogado entrou com pedido de liberdade provisória que, até o início da tarde, não tinha sido analisado pela Justiça.

A Polícia Civil vai ouvir novamente as testemunhas que disseram não terem visto a agressão. As imagens mostram que pelo menos duas pessoas estavam a poucos passos e presenciaram o ato de violência. Anderson alegou que apenas empurrou a mulher, após ser ofendido por ela.