1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Mulher é morta a facadas pelo ex-marido em galeria no Rio

Clarissa Thomé - O Estado de S. Paulo

21 Maio 2014 | 00h 16

Segundo amigos da manicure Shirley Cavalcanti, de 26 anos, ele não aceitava o fim do relacionamento e ameaçava ficar com o filho que tiveram, um menino de 6 anos

RIO - A manicure Shirley Cavalcanti, de 26 anos, foi morta a facadas dentro da Galeria Central de Compras Leblon, na Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon, zona sul do Rio. Ela foi golpeada pelo ex-marido, Alexandro Florindo Barbosa. Ele tentou se matar, cortando o próprio pescoço, e foi levado em estado grave para o Hospital Municipal Miguel Couto.

O crime aconteceu no início da noite desta terça-feira, 20. A manicure foi abordada pelo ex-companheiro no salão em que trabalhava havia dois anos. Ela tentou gritar por socorro, mas a ação de Alexandro foi rápida: ele retirou a faca de uma mochila e a esfaqueou repetidas vezes, na frente de colegas de trabalho e clientes.

Segundo amigos da manicure, ele não aceitava o fim do relacionamento e ameaçava ficar com o filho que tiveram, um menino de 6 anos. O casal chegou a ficar separado por um ano, mas havia reatado. Shirley decidiu terminar o relacionamento novamente.

  • Tags: