Mulher é presa ao tentar vender um bebê em Porto Alegre

Jovem de 23 anos ofereceu criança a casal e foi denunciada por cliente de restaurante que ouviu conversa

Elder Ogliari, Estadão

22 Abril 2013 | 19h29

PORTO ALEGRE - A Brigada Militar prendeu uma mulher de 23 anos e um casal que estavam negociando um bebê de um ano e dois meses nesta segunda-feira, em Porto Alegre. A denúncia foi feita pelo cliente de um restaurante do centro da cidade que ouviu a conversa dos três na mesa ao lado da que estava enquanto almoçava. Uma equipe de policiais foi ao local e, ao entrar, percebeu a surpresa dos três. Tanto o casal quanto a mulher, mãe da criança, informaram inicialmente que eram amigos, mas caíram em contradições.

A jovem acabou revelando que mora em Mogi das Cruzes (SP), havia chegado à capital gaúcha pela manhã e embarcaria de

volta à tarde, alegando que entregaria o menino por falta de condições para criá-lo. O casal negou que estivesse comprando a criança. Os três foram encaminhados a uma delegacia da Polícia Civil e poderão enfrentar o processo em liberdade, se pagarem fiança. A criança ficou sob a guarda do Conselho Tutelar.

Mais conteúdo sobre:
Crime Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.