Mulher passa mal e morre em avião que pousava em aeroporto no Rio

Tripulação tentou socorrer a passageira, que desembarcaria no Tom Jobim; causa da morte será investigada

Tiago Rogero, estadão.com.br

14 Julho 2011 | 08h06

RIO - Uma mulher de 59 anos sofreu um mal súbito e morreu, na madrugada desta quint-FEIRA, 14, dentro do voo G3 1744 da Gol, que fazia a rota São Paulo - Rio de Janeiro - Recife. Segundo a companhia aérea, no momento da ocorrência a aeronave estava em solo, por volta de 2h, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador, no Rio.

 

 

Durante o desembarque, de acordo com a assessoria de imprensa da Gol, a tripulação foi procurada pela filha da passageira, que a acompanhava. "O serviço de emergência médica do aeroporto foi imediatamente acionado, mas constatou o óbito da passageira ainda na aeronave", divulgou, por meio de nota.

 

 

Ainda de acordo com a companhia, a Polícia Federal foi acionada para realizar os procedimentos necessários. A ocorrência foi registrada na delegacia de polícia civil do aeroporto. O nome da passageira não foi divulgado. "A companhia se solidariza com os familiares da cliente e informa que está prestando todo o apoio necessário", informou a Gol. /COLABOROU PRISCILA TRINDADE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.