Na capital, PSDB vence por 40% a 38%

Como em 2006, o candidato tucano à Presidência da República venceu o primeiro turno na cidade de São Paulo. A diferença é que, neste ano, a dianteira foi bem menor. Quatro anos atrás, o então candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, teve 53,9% dos votos válidos, ante 35,7% do então candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2010 | 00h00

Conforme a apuração, até a meia-noite (com 99,99% dos votos apurados), o tucano José Serra ficou com 40,33% dos votos válidos, ante 38,14% da governista Dilma Rousseff. Em 2006, a terceira colocada na disputa, Heloísa Helena (PSOL), teve 8,4% dos votos, ante 20,09% de Marina Silva (PV) neste ano.

O PSDB também não conseguiu "colar" as votações para governo e presidência. Geraldo Alckmin alcançou quase 13 pontos porcentuais a mais na disputa para o governo do Estado entre os eleitores da capital, chegando a 48,76%. Aloizio Mercadante ficou mais próximo do porcentual de Dilma, com 35,82% na luta pelo Palácio dos Bandeirantes.

Projeção. Há quatro anos, no segundo turno, Alckmin conseguiu 54,4% dos votos válidos na capital e Lula, 45,6%. A vantagem foi de quase 570 mil votos para o tucano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.