No Rio, foliões passam mal e Comlurb recolhe quase 80t de lixo

São Paulo, 7 - Neste domingo, 6, no primeiro dia de desfiles no Sambódromo do Rio de Janeiro, 444 pessoas foram atendidas nos postos médicos do local. Sete delas precisaram ser transferidas para hospitais da rede municipal de saúde. Os postos registraram várias ocorrências com mulheres grávidas. O horário de maior procura foi entre 2h e 4h, com 25% dos registros.

Central de Informações,

07 Março 2011 | 16h07

 

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), responsável pela limpeza das ruas, divulgou ter recolhido cerca de 79,2 toneladas no domingo, após a passagem dos blocos de rua. O bloco Bangalafumenga, que desfilou no bairro do Jardim Botânico, e o Simpatia é Quase Amor, em Ipanema, deixaram, cada um, doze toneladas de resíduos.

 

Após três dias de Carnaval, entre sexta-feira e domingo, a Comlurb totalizou 360 toneladas de resíduos removidos das ruas após a passagem dos blocos.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro, Lixo, Carnaval 2011

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.