''Nunca disse que ia deixar o Democratas''

Rodrigo Garcia, DEPUTADO FEDERAL (DEM-SP)

Marcelo de Moraes, O Estado de S.Paulo

16 Março 2011 | 00h00

BRASÍLIA

Aliado direto do prefeito Gilberto Kassab, Rodrigo Garcia provocou surpresa ao decidir se manter filiado ao DEM. "Nunca disse que ia deixar o DEM", afirma. Ele também nega que sua permanência faça parte de qualquer estratégia para que Kassab mantenha pontes no partido.

Havia a expectativa que o sr. acompanhasse Kassab.

Respeito o Kassab, ele é uma grande liderança do partido e meu amigo pessoal. Não sei da decisão dele. Eu tomei a minha. Independentemente dele e de outros companheiros vou permanecer no Democratas. Sou um dos mais antigos filiados.

Por que o sr. chegou a pensar em deixar o DEM?

Isso sempre foi falado pelos jornais. Jamais da minha parte e do próprio prefeito ocorreu alguma declaração de uma decisão tomada. Passada a eleição nacional, todo partido faz uma reflexão. Todos os políticos fazem uma análise do cenário.

O sr. é pré-candidato a prefeito?

Estamos hoje numa convenção nacional do partido e confio no senador José Agripino para conduzir o partido nesse momento, que é de análise, reflexão. Não discutimos nada sobre o futuro do partido em São Paulo enquanto não se tenha uma posição definitiva com o que vai acontecer com o futuro do prefeito. Passado isso, vou me colocar como soldado do partido.

Se Kassab sair do partido, é possível que ele apoie sua candidatura a prefeito pelo DEM?

Isso é especulação. Acho que cada um vai tomar a sua decisão. Eu já tomei a minha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.